Odemira em festa na FACECO

Odemira em festa na FACECO

A agricultura, as pescas, o artesanato, a gastronomia, o turismo e o desporto estão em destaque na FACECO 2014, que arranca esta sexta-feira, 18, em São Teotónio.
O certame é inaugurado às 17h00 desta sexta-feira e até ao próximo domingo, 20, a Feira das Actividades Culturais e Económicas do Concelho de Odemira “dá força” aos produtos locais e celebra o Ano Internacional da Agricultura Familiar, juntando cerca de 200 expositores numa organização da Câmara de Odemira que se assume como a grande festa do Litoral Alentejano.
“A FACECO é o certame de maior expressão no concelho de Odemira, uma feira que habituou todos os que a visitam a mostrar tanto a realidade como o potencial do concelho”, assinala em declarações ao “CA” o presidente da autarquia, José Alberto Guerreiro, que espera três dias de “casa cheia” no Parque de Feiras e Exposições de São Teotónio.
À imagem dos anos anteriores, o Pavilhão do Artesanato será um dos principais pontos de atracção da feira, com dezenas de artesãos a trabalhar ao vivo e exposição de produtos para todos os gostos e carteiras.
Já no Pavilhão dos Produtos Locais será possível encontrar os melhores sabores de Odemira, desde a aguardente (e outros produtos) de medronho ao queijo, passando pelo mel, pelos enchidos e pelas compotas.
Por sua vez, o Pavilhão das Empresas dará a conhecer parte do tecido económico local, assim como o projecto “Odemira BTT” (através do qual a Câmara Municipal irá implementar uma rede de 1.200 quilómetros de percursos de BTT geo-referenciados, que será a maior do país), enquanto no Pavilhão das Políticas Sociais serão apresentadas as estratégias e os projectos municipais no sector, com a participação das diversas instituições particulares de solidariedade social.
A par destes quatro pavilhões, a FACECO 2014 contará ainda com o Espaço Crédito Agrícola, que terá vários momentos de apresentação e debate, entre os quais um seminário sobre o novo pacote de fundos comunitários.
A feira contará novamente com o Concurso Nacional da Raça Bovina Limousine, e competições regionais da Raça Bovina Holstein Frísia e da Cabra Charnequeira. Realiza-se também um Concurso de Mel.
A Câmara de Odemira irá ainda aproveitar os três dias da feira para apresentar as suas políticas municipais viradas para o empreendedorismo, nomeadamente o programa “Odemira Empreende”.

Colóquios e um livro
“Produtos do Mar, Distintos e Insubstituíveis” será o tema para o colóquio com o objectivo de divulgar e discutir as estratégias valorização dos produtos do mar.
O debate decorrerá esta sexta-feira, 18, a partir das 14h00 e permitirá “desvendar” a estratégia da autarquia odemirense para a valorização dos produtos do concelho “com maior tipicidade e potencialidades económicas, onde os produtos do mar têm particular relevância, nomeadamente o polvo e os percebes”.
No sábado, 19, às 11h00, será altura para debater a “Aguardente de medronho – Um produto a valorizar”.
O colóquio é dirigido aos produtores de Aguardente de Medronho, com o objectivo de esclarecer sobre o processo de legalização das destilarias de medronho, bem como quais as infracções que estão associados ao não cumprimento da Lei.
Refira-se ainda que, também no sábado (18h00) será apresentado o livro O Rio Mira no sistema portuário do Litoral Alentejano (1851-1918), do historiador António Martins Quaresma.

Palco alentejano
Muito frequentados por milhares de visitantes, os concertos da FACECO terão este ano um som “100% baixo-alentejano”!
Na primeira noite (18 de Julho) sobem ao palco os bejenses Adiafa, prometendo uma actuação bem divertida onde não faltará o cante alentejano… ou “As meninas da Ribeira do Sado”.
No sábado (19 de Julho) será a vez dos também bejenses Virgem Suta, que em São Teotónio não deixarão de tocar as canções mais conhecidas dos seus dois álbuns e talvez alguns novos temas.
A última noite de feira (20 de Julho) será passada a toque de viola campaniça, com o espectáculo do grupo Campaniça Trio.
Além dos concertos, haverá muito mais animação ao longo dos três dias de FACECO, com teatro, cante alentejano, dança e actividades desportivas.
E os mais novos terão direito a um verdadeiro “parque de diversões”, com insufláveis e muitas surpresas!

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima