Obras de construção da ZAE de Castro Verde já arrancaram

As obras de construção da nova Zona de Atividades Económicas (ZAE) de Castro Verde arrancaram no passado dia 25 de Março, num investimento total da Câmara Municipal de 1.964.093,84 milhões de euros, comparticipado em 85% por fundos comunitários.

Tal como o “CA” adiantou na sua edição de 19 de março, a nova ZAE de Castro Verde está a ser construída junto à entrada norte da vila, na saída para Aljustrel na Estrada Nacional 2, e prevê a criação de 39 lotes para acolhimento de empresas, numa área total de implementação de 53.733 m2.

O arranque das obras representa, na opinião do presidente da Câmara Municipal, “um momento muito importante” para Castro Verde, considerando mesmo que este equipamento “já devia existir no concelho há pelo menos 20 anos”.

Segundo António José Brito, nos últimos três anos “foi possível assegurar a candidatura e ver aprovado o financiamento comunitário para a obra, negociar e concluir o acordo para o acesso com a empresa Infraestruturas de Portugal e fazer a revisão do projeto”, sendo que neste momento está igualmente “a trabalhar-se no processo de abastecimento de água ao espaço”.

O autarca castrense frisa ainda que a nova ZAE permitirá a Castro Verde “tirar partido das dinâmicas da atividade mineira” e “incentivar a dinâmica empresarial local”, criando “condições para a captação de investimentos”.

É um investimento “fundamental para Castro Verde”, acrescenta António José Brito, garantindo que este vai, seguramente, “permitir acentuar a diversificação da base económica e a criação de emprego”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima