Novos trilhos pedonais no concelho de Aljustrel

Novos trilhos pedonais

A Câmara de Aljustrel viu aprovada, pelo Alentejo 2020, a candidatura a financiamento apresentada para o projecto que visa a criação de uma série de percursos pedonais no concelho. O investimento total está avaliado em cerca de 1,3 milhões de euros e tem como “público-alvo” tanto os residentes no município como todos aqueles que visitam o concelho.
De acordo com o presidente da Câmara Municipal, a operação consistirá numa série de percursos requalificados e beneficiados, "com áreas de circulação pedonal, conferindo trilhos de visitação mineira e rural ao longo do seu trajecto".
Em declarações ao “CA”, Nelson Brito destaca o facto deste ser “um projecto à escala do concelho, que vai abarcar vários lugares de todas as freguesias”. A par disto, continua o autarca, os novos percursos vão promover “a prática de bons hábitos pedonais” entre a população, além de possibilitarem a criação de novas rotas turísticas para aqueles “que não são oriundos de Aljustrel e que visitam o concelho”.
“Por outro lado, para nós é também importante, do ponto de vista material, ganhar novos percursos [pedonais] em locais onde não existem, nomeadamente nas freguesias e nos lugares mais rurais do concelho, assim como fechar a malha naquele que é o circuito mais urbano, dos trilhos mineiros”, acrescenta Nelson Brito.
O projecto de criação dos novos percursos pedonais será comparticipado em 75% pelo FEDER, através do Alentejo 2020, sendo que a Câmara Municipal conta lançar até final deste mês de Setembro o concurso público para a empreitada. “Estamos em crer que durante este último trimestre de 2019 conseguiremos concretizar as várias etapas legais necessárias, para que, no próximo ano, seja uma realidade o começo da sua execução e até a conclusão de alguns destes trilhos”, adianta Nelson Brito.
Ao todo, são sete os trilhos previstos no projecto do Município de Aljustrel, que abrangerá todas as freguesias do concelho. No caso da União de Freguesias de Aljustrel e Rio de Moinhos estão previstos trilhos na zona do Carregueiro, de Rio de Moinhos, do bairro mineiro de São João e entre o bairro mineiro de Algares e a entrada da mina de Feitais. Os restantes trilhos serão em Jungeiros (na freguesia de São João de Negrilhos), em Ervidel e em Messejana.
Para Nelson Brito, o avanço deste projecto e a aprovação da sua candidatura ao Alentejo 2020 é mais uma prova do (bom) aproveitamento que a Câmara de Aljustrel tem feito dos fundos comunitários nos últimos anos.
“Aljustrel continua fortemente apostado [em aproveitar os fundos comunitários] e também contribuir para aquilo que é uma necessidade da região e do país, que é a execução destes mesmos fundos comunitários, porque é imperativo para o país conseguir apresentar boas performances e bons resultados” deste ponto de vista, observa o edil aljustrelense, que conclui: “Em Aljustrel estamos conscientes que continuamos e queremos continuar a cumprir este desígnio”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima