Novo treinador do Castrense só pensa na subida de divisão

Novo treinador do Castrense

A subida de divisão e nada menos – é este o grande objectivo de Carlos Machado e a razão que o levou a deixar o Lagoa para assumir o comando técnico do FC Castrense.
“A partir do momento em que me convidaram para abraçar este projecto, temos como objectivo subir de divisão. Essa é a principal razão por que estamos aqui”, diz Carlos Machado em entrevista exclusiva ao “CA”.
Carlos Machado sucede a David Guerreiro e em Castro Verde será coadjuvado por Gonçalo Castanho (adjunto) e Pedro Rombo (preparador físico), prometendo uma equipa “de posse e circulação de bola”, “bastante pressionante e agressiva” e a praticar um “futebol de ataque” e a “defender bem”.
A estreia de Carlos Machado no banco do FC Castrense não foi a mais positiva (derrota este domingo, 23, em São Teotónio, com o Renascente, na primeira eliminatória da Taça do Distrito de Beja), mas o treinador acredita num final de época em festa.
“Confio no nosso trabalho e confio no valor do grupo para conseguirmos concretizar o nosso objectivo”, sublinha.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima