Nova superfície comercial em Sines cria 100 postos de trabalho

Nova superfície comercial em

Uma nova superfície comercial com seis lojas da Sonae vai criar cerca de 100 postos de trabalho em Sines, estando as obras de construção a decorrer “com celeridade”.
No sítio na Internet da Sonae, a empresa anuncia a abertura das novas lojas, não indicando a data prevista para tal, e convida os interessados a formalizarem a sua candidatura a cargos de vendedores, operadores e responsáveis de loja, chefes de vendas e optometristas.
A infra-estrutura está a ser instalada à entrada da cidade alentejana, na área comercial onde já existem dois supermercados, abrangida pelo Plano de Pormenor da Cidade Desportiva.
O terreno, de cerca de 27.000 metros quadrados, foi vendido pela Câmara Municipal de Sines à Sonae Retail Properties, que gere o património imobiliário de retalho da Sonae, em Novembro do ano passado, por mais de 2,5 milhões de euros.
Para o presidente do Município, Manuel Coelho, trata-se de um investimento “muito bom” para a cidade, sobretudo pela criação de emprego, que é “muito significativa”.
O autarca explica que “uma quantidade impressionante” de habitantes de Sines se desloca a cidades localizadas a várias dezenas de quilómetros de distância, como Grândola e Setúbal, para fazer compras em lojas destas marcas.
“Estas pessoas deixarão de ter necessidade de sair de Sines”, sustenta à Agência Lusa, antevendo também que residentes em localidades vizinhas, como Porto Covo, Vila Nova de Santo André e Santiago do Cacém, começarão a comprar naquela superfície comercial.
Manuel Coelho afirma não recear a concorrência que o novo equipamento vai trazer às “médias superfícies” e acreditar que “se criam mais postos de trabalho do que aqueles que se possam reduzir”.
A população ficará certamente a ganhar, defende, com a “diversidade” e a “concentração” da oferta num único espaço, além da previsível redução dos preços.
No entender do autarca, o pequeno comércio, sobretudo cafés, pastelarias e restaurantes, também “pode beneficiar” com a visita a Sines de habitantes de outras terras.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima