Nova central hidroeléctrica do Alqueva inicia produção até Dezembro

Nova central hidroeléctrica do Alqueva inicia produção até Dezembro

O novo projecto hidroeléctrico de reforço da potência de Alqueva entrou na recta final, com a fase de testes prestes a arrancar e o início da produção prevista para este ano, segundo Óscar Liberal, director de projecto da EDP.
"A expectativa de entrada em funcionamento da central [Alqueva II] será até ao final do corrente ano. No final desta semana ou no início da próxima procederemos ao primeiro enchimento do circuito hidráulico do primeiro grupo gerador a entrar em serviço", revelou o responsável, no decorrer de uma visita ao local com a comunicação social.
A aposta política nas energias renováveis acelerou o projecto, que está concessionado à Energias de Portugal (EDP) durante 35 anos, tendo a construção de Alqueva II começado no final de 2008.
Agora, quatro anos depois, a nova central, que tem características técnicas muito semelhantes às de Alqueva I, está quase pronta para entrar em funcionamento.
Com uma potência total instalada de 256 MW e uma produção total anual de 381 GWh, Alqueva II representa um investimento estimado em 189 milhões de euros, permitindo um acréscimo de produção de cerca de 82 por cento relativamente à central já existente.
"Em termos anuais médios, a produção deste reforço de potência servirá para abastecer o somatório da população dos concelhos de Évora, Beja, e dos três concelhos limítrofes da zona de Alqueva: Portel, Moura e Vidigueira", sublinhou Óscar Liberal, director de projecto de Alqueva II.
A construção da nova central esteve a cargo de uma média de 350 trabalhadores, tendo sido atingidos os 550 funcionários nos picos de trabalho, isto só em termos de emprego directo, sendo de destacar que 30 por cento da força laboral envolvida reside num raio de 30 quilómetros de Alqueva.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima