Movimento "Por Beja com todos" apresentado publicamente na capital do distrito

Movimento "Por Beja com todos" apresentado publicamente na capital do distrito

O movimento independente liderado pelo ex-comunista Lopes Guerreiro é apresentado este sábado, em Beja, para construir um "projecto alternativo" para o concelho, que pode passar pela apresentação de candidaturas aos órgãos concelhios nas eleições autárquicas de 2013.
"Num sentido mais específico e no imediato", o "Por Beja com todos" visa "a construção de um projeto alternativo, independente, concretizável a quatro anos e ajustado à realidade dos tempos atuais" para o concelho de Beja, avançou à agência Lusa Luís Miguel Ricardo, da comissão dinamizadora do movimento.
O projecto pretende definir "os grandes objectivos e desígnios" para o concelho de Beja e "pode passar pela apresentação de candidaturas autárquicas", explicou, referindo que o movimento tem "intenção" de "promover candidaturas próprias aos órgãos autárquicos do concelho" nas próximas eleições autárquicas, em 2013.
Num "sentido mais geral", pretende-se que o "Por Beja com todos", que será apresentado publicamente às 17h00, num hotel da cidade, seja "um movimento duradouro e não de um fôlego só, que se esgote numas eleições autárquicas", disse.
"A necessidade de reflexão e de apresentação de propostas visando a melhoria do concelho não se esvazia numa eleição" e "o futuro de Beja e as suas gentes estão para além de qualquer escrutínio eleitoral", defendeu.
Para concretizar os seus objectivos "de curto e médio prazo", o movimento "pretende envolver o maior número de pessoas, motivando-as e contagiando-as com a ´síndrome de paixão’ por Beja, que domina os aderentes do movimento", disse.
Segundo Luís Miguel Ricardo, o processo de criação do movimento começou em Abril deste ano, "num encontro de meia dúzia de pessoas", que "se juntaram para reflectir sobre o estado do concelho e a acção da Câmara de Beja".
Do encontro "resultou a necessidade de criar um movimento independente e plural, que promovesse a análise, a reflexão e a discussão do concelho de Beja, tendo ficado "em aberto" a hipótese de uma candidatura independente à autarquia, "assente num verdadeiro projeto alternativo aos dos partidos políticos tradicionais, pautado por ideias, pessoas e convicções provenientes de todos os quadrantes da sociedade", explicou.
Na génese do "Por Beja com todos", precisou, estiveram o antigo presidente da Câmara de Alvito e ex-militante do PCP José Lopes Guerreiro, que coordena o movimento, o deputado do Bloco de Esquerda na Assembleia Municipal de Beja, José Pedro Oliveira, e a professora Gina Mateus.
"Com a consolidação do movimento e com a necessidade de reforçar a noção de independência e de pluralidade", foi constituída a comissão dinamizadora, que, actualmente, conta com 12 pessoas, disse Luís Miguel Ricardo.

Partilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima