Ministro da Agricultura quer mais regadio no Baixo Alentejo

Ministro da Agricultura quer

O ministro da Agricultura garantiu que o Governo está empenhado em encontrar uma solução que permita financiar mais 45 mil hectares de regadio na zona do Alqueva até 2020.
Capoulas Santos esteve esta quarta-feira, 24, em Beja e após reuniões com a Fenareg e a FAABA – Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo assumiu que o executivo do PS irá tentar encontrar a “solução mais vantajosa do ponto de vista financeiro” para garantir os 150 milhões de euros necessários para o aumento do regadio na região.
De acordo com o ministro, o Programa de Desenvolvimento Rural (PDR) 2014-2020 era uma das possibilidades para financiar o aumento da área de regadio do Alqueva em 45 mil hectares, além dos 120 mil inicialmente previstos, mas tal não é possível devido ao "elevado número de compromissos que foram assumidos anteriormente”.
Paralelamente, Capoulas Santos assumiu o compromisso de executar o PDR 2014-2020 a 100% este ano, admitindo que o programa tem uma "baixíssima taxa de execução".

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima