Ministra da Agricultura garante que Portugal tem reservas de cereais “para cerca de um mês”

Portugal tem neste momento reservas de cereais “para cerca de um mês” em ‘stock’ e o abastecimento alimentar no país “não está comprometido”, disse hoje a ministra da Agricultura e da Alimentação.

“Temos reservas de cereais para cerca de um mês em ‘stock’”, mas os importadores “garantem-nos que não há qualquer problema no abastecimento” apesar da guerra na Ucrânia, afirmou Maria do Céu Antunes durante uma visita a Beja.

A ministra da Agricultura e da Alimentação falava aos jornalistas durante uma visita de campo, organizada pela Cooperativa Agrícola de Beja e Brinches e pelo Clube Português dos Cereais de Qualidade, que contou também com a presença da ministra adjunta e dos Assuntos Parlamentares, Ana Catarina Mendes.

Segundo Maria do Céu Antunes, o abastecimento de trigo “é feito a partir de França”, enquanto no caso do milho, em que “cerca de 40%” era importado da Ucrânia, foram encontrados “mercados alternativos”.

“Os importadores garantem que os navios que chegam desde o início desta guerra estão a cumprir e não há problema de abastecimento, nem é expetável que isso venha a acontecer”, disse.

A ministra observou ainda que “a única coisa de diferente que, infelizmente, está a acontecer tem a ver com o preço” dos cereais.

“Ainda assim, acompanhamos este setor semanalmente junto dos importadores, para a todo o tempo podermos intervir e ajudar a minimizar qualquer impacto que possa acontecer”, explicou Maria do Céu Antunes.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima