“Mini-mercado” aberto 24 horas em Almodôvar

“Mini-mercado” aberto

Está aberto 24 horas ao dia e permite a todos os almodovarenses (e não só) comprarem comida, bebida e outros produtos em qualquer horário, com comodidade e qualidade. É assim o espaço Grab&Go, que foi inaugurado em Janeiro na rua do Mercado, mesmo no centro da vila, pela mão do Grupo Lança, com sede na localidade.
“Somos inovadores e gostamos de marcar pela diferença. Almodôvar não tinha um espaço destes e sentimos junto dos jovens alguma necessidade de terem um serviço destes mais à mão. Por vezes, os jovens comentavam que tinham de se deslocar a Castro Verde quando lhes apetecia comer alguma coisa a meio da noite. Daí que pensámos neste espaço, que está aberto 24 horas para colmatar essa lacuna em Almodôvar”, explica ao “CA” José da Lança, que fundou o Grupo Lança há 30 anos.
De acordo com este empresário, nestas primeiras duas semanas de negócio “a afluência tem sido bastante boa”, o que confirma a viabilidade do projecto. “Até porque a qualidade dos produtos colocados marca pela diferença e temos recebido notas positivas por parte dos consumidores. Ficamos muito satisfeitos com isso”, diz.
Mas que podem afinal os almodovarenses encontrar no espaço Grab&Go? “Trata-se de uma máquina automática de onde sai comida quente: hambúrgueres, tostas mistas, pão com chouriço, ou kebab de vitela ou frango. A nível dos frios temos uma série de croissants, bolos, bolachas, chocolates, águas, sumos e outros produtos higiénicos. Acaba por ser um ‘mini-mercado’ aberto durante 24 horas”, responde José da Lança.
O espaço Grab&Go poderá permitir, no futuro, a criação de mais um ou dois postos de trabalho e é, segundo José da Lança, mais um passo no caminho de diversificação do negócio que o grupo tem vindo a fazer.
“Como queremos crescer e como apostamos no desenvolvimento sócio-económico da região e na criação de postos de trabalho, temos de diversificar um bocadinho o nosso negócio”, justifica o empresário almodovarense, não escondendo que o futuro poderá reservar mais novidades.
“Temos mais algumas ideias na mão para avançar a curto prazo, que vão de encontro ao desenvolvimento económico da região e daquilo que as pessoas precisam para se fixarem por cá”, adianta José da Lança.

Partilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima