Mina deu nova esperança a Aljustrel

Mina deu nova esperança a Aljustrel

Foi numa manhã quente de Maio de 2006 que José Sócrates e vários membros do seu Governo se deslocaram a Aljustrel para “apadrinhar” o acordo com a Lundin Mining tendo em vista o início dos trabalhos preparatórios para a retoma da exploração nas minas locais.
O processo ainda conheceu alguns avanços e recuos nos anos seguintes, mas em Maio de 2010, já pela mão do grupo português I’M Mining, o minério voltou a sair do subsolo de Aljustrel para os mercados mundiais.
Um momento que foi “um marco histórico” para o concelho, porque “abriu nova janela de esperança”, atraiu um investimento de 185 milhões de euros e criou mais de 1.000 empregos.

LEIA A REPORTAGEM NA ÍNTEGRA NA EDIÇÃO DO “CORREIO ALENTEJO” DE 27 DE MAIO, JÁ NAS BANCAS

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima