Máquinas de jogo ilegal apreendidas pela GNR em Aljustrel

Máquinas de jogo

A GNR apreendeu na passada terça-feira, 23, diversas máquinas de jogo ilegal na vila de Aljustrel, tendo constituído arguidos sete homens, seis exploradores de espaços comerciais e um jogador.
De acordo com a Guarda, a apreensão “decorreu no âmbito de uma operação de fiscalização de estabelecimentos de restauração e bebidas”, tendo sido apreendidas seis máquinas de jogo tipo vending, cartazes e respectivos prémios, 47 raspadinhas, máquinas que premiavam os jogadores com brindes e “raspadinhas” emitidas pela Santa Casa da Misericórdia, e dois tablets que serviam para accionar os jogos.
“Foram constituídos arguidos sete homens, seis deles exploradores dos estabelecimentos e um jogador, com idades compreendidas entre os 35 e os 62 anos, sendo elaborados seis autos de notícia pelos crimes de exploração ilícita de jogo, em virtude dos jogos de fortuna ou azar só poderem ser jogados em salas de jogos de casinos, hotéis e outros locais, devidamente autorizados e licenciados para o efeito”, adianta a GNR.
Durante a operação foram ainda identificados dois homens, de 35 e 46 anos, “por posse e consumo de estupefacientes”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima