Lopes Guerreiro promete auditoria externa à CM Beja

Lopes Guerreiro promete

Uma avaliação externa às contas da Câmara e das empresas municipais de Beja é uma das medidas que Lopes Guerreiro promete cumprir nos primeiros 100 dias de mandato.
"Seria importante haver uma avaliação externa às contas da câmara e das empresas municipais de Bejalogo no início do mandato", feita por uma empresa e acompanhada por uma equipa representante dos eleitos no executivo, disse esta terça-feira, 17, à Agência Lusa o candidato do movimento "Por Beja com todos".
O candidato, antigo militante e autarca comunista, falava à margem de uma conferência de imprensa, em Beja, que serviu para o movimento apresentar o seu programa eleitoral para a corrida à liderança da Câmara de Beja, no âmbito das autárquicas do próximo dia 29 de Setembro.
"Uma avaliação externa às contas da câmara e das empresas municipais devia ser uma prática corrente no início de cada mandato para que se soubesse com que base financeira um novo executivo inicia o mandato", defendeu, frisando que tal "evitaria" o que aconteceu na Câmara de Beja no actual mandato.
As duas forças políticas representadas no executivo da Câmara de Beja (o PS, que conquistou a autarquia em 2009 e lidera o executivo, e a CDU, que perdeu o município e está na oposição) "passaram o actual mandato a digladiaram-se sobre as contas e as dívidas da autarquia, apresentando números diferentes, e ainda hoje ninguém sabe, com garantia, quais são, de facto, os valores em causa", disse.
Criar uma rede de refeitórios sociais e apoios domiciliários, elaborar um programa de manutenção, reparação e melhoria da rede viária e reforçar o apoio ao movimento associativo e às freguesias do concelho de Beja são outras das medidas que Lopes Guerreiro prometeu cumprir nos primeiros 100 dias de mandato.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima