Litoral Alentejano com marcha de protesto para 22 de Maio

Litoral Alentejano com marcha

O Litoral Alentejano vai receber a 22 de Maio uma marcha de protesto em defesa dos serviços públicos daquela região, nomeadamente na área da saúde e das acessibilidades.
A iniciativa foi decidida no passado domingo, 10, em Grândola, durante a reunião que sentou à mesma mesa os presidentes das assembleias municipais de Odemira, Sines, Santiago do Cacém, Grândola e Alcácer do Sal.
A marcha lenta terá lugar a partir das 18h00, com partida de Santiago do Cacém e Aldeia de Santo André até ao Hospital do Litoral Alentejano.
Durante o encontro, em que participaram também câmaras municipais, juntas de freguesia, movimento de utentes, deputados e população, foi ainda aprovada uma declaração que visa o reforço da estratégia de desenvolvimento territorial do Alentejo Litoral entre 2014 e 2020, definida no seio da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral.
No documento, aprovado por maioria e que será enviado ao Presidente da República, à presidente da Assembleia da República ao primeiro-ministro e aos grupos parlamentares, é defendida a “necessidade de uma verdadeira política pública nacional que promova o desenvolvimento do Alentejo Litoral, com serviços públicos de qualidade e gerador de oportunidades colectivas e individuais”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima