Litoral Alentejano com mais oito médicos

Litoral Alentejano

Os centros de saúde dos cinco concelhos do Litoral Alentejano contam desde o final do passado mês de Setembro com mais oito médicos, o que permitiu reduzir o número de utentes sem médico de família atribuído.
De acordo com o presidente da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA), Paulo Espiga, foram colocados dois médicos em Odemira e Grândola, mais três em Alcácer do Sal e um em Sines.
Os clínicos foram contratados no regime de prestação de serviços e permitirão que a lista de utentes sem médico de família passe de 26 mil pessoas para cerca de sete a oito mil, garante este responsável.
Paulo Espiga reconhece, contudo, que continuam a faltar médicos na região, nomeadamente nos concelhos de Odemira e de Santiago do Cacém.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

DECO promove atendimento em Odemira

Esclarecer dúvidas sobre os direitos do consumidor em diversas áreas é o grande objetivo das sessões gratuitas de atendimento que a DECO – Associação Portuguesa

Role para cima