Linha Beja-Casa Branca preocupa PCP e PSD

Linha Beja-Casa Branca preocupa PCP e PSD

PCP e PSD criticam a recente decisão da CP de substituir a utilização de comboios por autocarros no trajecto ferroviário entre Beja e Casa Branca, além de ter suprimido alguns dos horários em vigor.
Para os comunistas, “estas más decisões confirmam que o Governo minoritário do PS e a CP continuam a agir sem nenhuma consideração pelas populações e, em particular, pelos utentes da linha do Alentejo”.
“Trata-se de uma atitude grave de quem por dever está obrigado a assumir responsabilidades, no caso, o transporte ferroviário em condições de conforto e segurança dos utentes e dando garantias de que se pode contar com o serviço de forma a cumprir horários àqueles que o utilizam”, acrescenta o PCP em comunicado, garantindo que irá exigir no Parlamento “uma clara resposta e solução para este troço de cerca de 60 quilómetros de linha que urge ser electrificada”.
Também a deputada do PSD eleita por Beja veio a público contestar a situação, recomendando que se reponham os horários dos comboios das 8h35, 10h30 e 17h00 entre Cuba e Beja e que se acautele o estado das carruagens que transportam os passageiros.
“É o mínimo, sobretudo, antes que se proceda à electrificação da linha”, afirma Nilza de Sena, que acrescenta: “Numa região já de si vítima da baixa densidade populacional e forte envelhecimento, com graves assimetrias regionais, com carências ao nível da mobilidade e alternativas de transporte, não se compreende a insensibilidade de uma medida que representa tanto para as populações e tão pouco em termos de distância entre localidades”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima