Legislativas 2022. Candidato do PS diz que PS é quem defende o Mundo Rural

O cabeça-de-lista do PS por Beja nas Eleições Legislativas 2022, Pedro do Carmo, afirma que a “melhor defesa do Mundo Rural é uma grande votação” no partido nos dias 23 e 30 de Janeiro.

Em comunicado, Pedro do Carmo refere que o PS “nunca cedeu aos extremismos, às visões radicais e opções políticas lesivas da sociedade portuguesa como um todo, com as suas diferenças”.

O candidato acrescenta que o PS “sempre foi um partido com um sentido de equilíbrio e noção da realidade do país, sem permitir ultrapassagens de linhas vermelhas de senso, tolerância e coesão nacional”.

Nesse sentido, e como cabeça-de-lista do PS por Beja, Pedro do Carmo reafirma “o compromisso de continuar a dar voz e a salvaguardar o Mundo Rural como parte fundamental do presente e do futuro que queremos construir”.

“Foi o que fiz, é o que temos feito em ligação direta e proximidade com quem produz e com as comunidades locais, é o que pretendemos continuar a fazer, sem falhas”, acrescenta.

Para Pedro do Carmo, “nenhum preconceito ideológico ou de circunstância deve colocar em risco o  Mundo Rural que temos”, assim como “quem produz” ou “quem contribui para as economias locais”.

“Há comunidades e territórios que estiveram demasiadas vezes entregues a si próprios e resistiram. Não podem, agora que há vontade de valorizar o Interior, estar sujeitas a alterações radicais das dinâmicas e realidades existentes”, diz.

O candidato socialista sublinha que o Mundo Rural “não se defende com exclusões, como também não se salvaguarda através de visões radicais, insensíveis às pessoas e aos territórios não urbanos”.

“A solução agora, como sempre, está no equilíbrio, na proximidade e na sustentabilidade” e “só o PS está em condições de assegurar esse perfil de governação, sintonizado com o Mundo Rural, respondendo aos problemas de sempre, às novas realidades resultantes da pandemia e aos desafios do futuro”, conclui.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima