Juiz do Tribunal de Odemira suspenso pelo CSM

O Conselho Superior da Magistratura (CSM) decidiu suspendeu preventivamente o juiz Rui Pedro Castro, que presta funções no Tribunal de Odemira, conhecido pelas suas posições negacionistas no âmbito da Covid-19.

Segundo adianta a Agência Lusa, que teve acesso à decisão, o CSM considera que o juiz teve uma conduta que “se mostra prejudicial e incompatível com o prestígio e a dignidade da função judicial”.

Nesse sentido, e além da suspensão preventiva, o CSM decidiu também abrir um processo disciplinar ao magistrado, acrescenta a mesma fonte.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima