Jovens pescadores do Clube Amadores de Pesca do Baixo Alentejo vão ao mundial

Jovens pescadores do Clube Amadores de Pesca do Baixo Alentejo vão ao mundial

António Nunes tem apenas 16 anos acabadinhos de fazer, mas já é um verdadeiro campeão. Em 2009 sagrou-se campeão mundial de pesca desportiva em rio na categoria de juvenis e agora, há duas semanas, arrebatou na cidade de Chaves o título nacional da mesma modalidade no escalão de juniores, “carimbando” o passaporte para o Mundial de 2012, que se realizará nos meses de Agosto ou Setembro na Eslovénia.
“Como pai estou contente. E também estou feliz por mim, que sou o treinador individual dele e tenho lutado muito para ele chegar a este nível”, confidencia ao “CA” António Nunes, progenitor do jovem natural de Alvito e atleta do Clube de Amadores de Pesca do Baixo Alentejo (CAPBA), emblema presidido… pelo pai.
Mas não é apenas António Nunes “filho” a estar de parabéns: é que na cidade flaviense também Ivo Figueira, de 12 anos (terceiro classificado em juvenis), e Luís Fernandes, de 16 (quarto no escalão de juniores), garantiram a ida ao Mundial da Eslovénia ao serviço da Selecção Nacional de pesca desportiva.
“São grandes resultados, fruto do empenho que dedicamos à modalidade. E estes atletas também nos ajudam! Apostámos na juventude e temos tido frutos”, frisa António Nunes “pai”, garantindo que as suas melhores expectativas até foram superadas. “Tínhamos como objectivo fazer entrar o António Nunes na selecção de juniores e o ‘Ivinho’ Figueira na selecção de juvenis. Mas as últimas provas em Chaves correram-nos bem e conseguimos superar os objectivos que tínhamos”.
O tempo é de começar a preparar a viagem à Eslovénia e o presidente do CAPBA prefere não traçar metas muito ambiciosas… para já! “Ainda não conhecemos os terrenos que vamos pisar, por isso a partir daqui vamos desenvolver esforços e tentar saber as zonas em que o António, o Luís e o Ivo vão pescar e só depois criar objectivos. E temos de ir antes, para colocar os miúdos a treinar no local onde vão fazer as provas. Isso é muito importante”, garante.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima