João Rocha deixa a Câmara de Serpa, Tomé Pires é o novo presidente

João Rocha deixa a Câmara de Serpa

Quase 33 anos depois de ter sido eleito pela primeira vez, João Rocha deixa esta quinta-feira, 1 de Novembro, a presidência da Câmara de Serpa, cargo agora desempenhado por Tomé Pires, até então vice-presidente da autarquia.
O autarca comunista pediu a suspensão do mandato em meados de Outubro, alegando motivos de ordem pessoal e também o facto de estar impedido por lei de voltar a candidatar-se em Serpa.
"É tempo, por conseguinte, de fechar um ciclo", considera o autarca, referindo que sai com "a consciência do dever cumprido" e a "certeza" de que à frente dos destinos do Município de Serpa fica uma equipa "forte" e que "vai garantir a continuação das políticas traçadas" e com a qual está "inequivocamente solidário", vincou João Rocha num comunicado enviado à população.
Com a saída de João Rocha e a passagem de Tomé Pires para a presidência da Câmara de Serpa, será Miguel Valadas, de 31 anos e natural de Vila Nova de São Bento, que em 2009 foi o quinto candidato na lista da CDU, a assumir a responsabilidade de vereador.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima