João Guerreiro quer "unir" o PSD de Beja

João Guerreiro quer

É com uma “uma inabalável vontade de agregar e unir o partido” que João Guerreiro se candidata à presidência da Distrital de Beja do PSD, cujas eleições estão agendadas para 7 de Novembro.
O presidente da Concelhia de Moura e actual vogal da Distrital está na corrida à sucessão de Mário Simões e numa carta dirigida aos militantes assume ser candidato para “manter e melhorar" o projecto iniciado há seis pela actual liderança do PSD no distrito.
Sou candidato com “uma inabalável vontade de agregar e unir o partido”, afirma João Guerreiro na missiva, revelando ainda a ambição de construir com os militantes laranja uma estratégia que conduza a uma "renovação capaz de enfrentar os novos desafios que se advinham para o PSD e o distrito de Beja".
Entre os objectivos a atingir, João Guerreiro destaca o reforço da representatividade do partido nos órgãos autárquicos nas eleições de 2017 e a organização das estruturas concelhias, além da criação de um gabinete de estudos.
Na luta pela liderança da Distrital de Beja do PSD João Guerreiro vai ter a oposição de Fernando Palma, actual presidente da concelhia social-democrata de Almodôvar.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima