Jerónimo quer recursos do distrito a serem potenciados

Jerónimo quer recursos do

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, entende que o distrito de Beja possui recursos que têm de ser potenciados, de forma a garantir o desenvolvimento da região.
No discurso que marcou o final da oitava Assembleia da Organização Regional de Beja do PCP, realizada este domingo, 16, em Castro Verde, Jerónimo teceu fortes ataques ao Governo PSD/ CDS e ao seu antecessor do PS, considerando que estes deram corpo a uma “sistemática ofensiva contra os interesses populares”.
“O distrito de Beja, o Alentejo e o país estão hoje mais pobres”, sublinhou Jerónimo, garantindo que a alternativa está no PCP e na sua “política alternativa, patriótica e de esquerda”, que apresenta “propostas de solução dos problemas, visando a elevação das condições de vida das populações”.
Entre estas, o líder comunista destacou o desenvolvimento e integral aproveitamento do Alqueva, “uma das mais importantes alavancas para o desenvolvimento do Alentejo”.
“Pensamos que não podemos deixar de continuar a lutar pela sua plena realização, favorecendo o crescimento de um vasto conjunto de actividades geradoras de emprego”, disse.
A melhoria da rede rodoviária regional e a “concretização urgente” do IP 8, a “modernização e densificação” da rede ferroviária, o “aproveitamento de todas potencialidades” do aeroporto de Beja, o desenvolvimento do sistema de ensino e investigação ou a melhoria e alargamento de serviços públicos, “nomeadamente na área da saúde e no apoio social à terceira idade e à infância”, foram outras das propostas destacadas por Jerónimo de sousa e que fazem parte da resolução política aprovada na assembleia de domingo.
“É por sabermos que esta terra tem potencialidades enormes de desenvolvimento que não nos resignamos e continuamos o nosso combate pela mudança e pela ruptura com esta política que fecha as portas ao desenvolvimento e que torna cada vez mais escassas as oportunidades para assegurar uma vida digna às populações”, concluiu Jerónimo de Sousa.

Partilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima