Jerónimo de Sousa quer mais investimento no Alentejo

Jerónimo de Sousa quer

O secretário-geral do PCP defende que o Alentejo precisa de mais investimento, o que não está previsto no Orçamento de Estado para 2015 apresentado pelo Governo.
O Alentejo “é uma região que precisava de ver reforçado o investimento para combater as enormes assimetrias de desenvolvimento que persistem, combater os fenómenos e regressão demográfica, o desemprego e assegurar condições de vida digna para as suas populações”, defendeu Jerónimo de Sousa este domingo, 2, em Beja, durante um comício na Casa da Cultura.
Como exemplos da falta de investimento do executivo PSD/ CDS-PP na região, o líder dos comunistas apontou o adiamento do Empreendimento de Fins Múltiplos do Alqueva e do plano das acessibilidades rodo e ferroviário na região, assim como o facto de ter sido “negado o apoio ao desenvolvimento dos sectores produtivos, nomeadamente à agricultura”.
Na sua intervenção, Jerónimo de Sousa frisou ainda que “Portugal perdeu muito com o euro” e que “pode perder mais” com a permanência na União Europeia e Monetária ou com uma saída que “não acautele os interessas nacionais”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima