Igreja de Évora mostra crucifixos do Museu dos Cristos

Igreja de Évora mostra

Algumas das quase 1.500 peças do Museu dos Cristos, adquiridas há 22 anos pela Câmara de Sousel, vão estar expostas, a partir de quinta-feira, 21, na Igreja do Salvador, em Évora.
Intitulada “Cristos de Sousel”, a mostra, que fica patente ao público até 2 de Abril, é organizada em conjunto pela Direcção Regional de Cultura do Alentejo (DRCAlen), Câmara de Sousel e Cabido da Sé de Évora.
De acordo com os promotores, a exposição apresenta “um pequeno, mas representativo, núcleo constituído por cruzes processionais, imaginária indo-portuguesa e da Terra Santa, imaginária erudita e de carácter popular, muito representativa da imaginária devocional, abundantemente representada em Portugal”.
Do espólio, fazem parte crucifixos das mais variadas tipologias, matérias, proveniências e épocas, como Cristos crucificados, crucifixos de pendurar, crucifixos de pousar, calvários e cruzes processionais.
Esta colecção representa uma “ampla amostra da imaginária devocional, abundantemente representada em Portugal”, realça a DRCAlen, indicando que a origem da maior parte das peças é nacional, mas podem se encontrar exemplares “indo-portugueses, africanos, provenientes da Terra Santa, de Espanha ou de Itália”.
A Câmara de Sousel adquiriu a colecção de imagens de Cristo, em Fevereiro de 1990, à família Lobo, herdeiros de Venceslau Lobo, que foi comerciante de antiguidades e que criou o denominado Museu dos Cristos.
O espólio do museu foi sendo agrupado ao longo dos anos pelo antiquário Venceslau Lobo e esteve exposto ao público nas suas instalações junto à Estrada Nacional 4, entre Estremoz e Borba.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima