Hospital de Beja vai ter ressonância magnética em 2022

O Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, vai ter finalmente um equipamento de ressonância magnética até ao final de 2022, num investimento avaliado em cerca de 1,2 milhões de euros por parte da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA).

Segundo a ULSBA, o concurso público para aquisição do equipamento deverá ficar concluído até ao final deste ano, concretizando-se a mesma em 2022.

A aquisição da nova ressonância magnética do hospital de Beja será apoiada em 85% por fundos comunitários, através do programa Portugal 2020, sendo os restantes 15% assegurados pela ULSBA.

Recorde-se que Beja é, de momento, o único distrito de Portugal que não conta com uma resposta desta natureza.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima