Hospital de Beja retoma visitas a doentes internados

O Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, retoma nesta quinta-feira, 7, a visita aos doentes internados, “numa perspetiva de humanização dos cuidados de saúde”, anunciou a administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA).

Segundo a ULSBA, as visitas aos pacientes internados tinham sido suspensas em março de 2020 devido à pandemia da Covid-19, sendo agora retomadas “numa perspetiva de humanização dos cuidados de saúde”.

O “benefício na evolução clínica dos doentes” e a “promoção do bem-estar emocional dos doentes e das suas famílias”, garantindo “a segurança dos doentes e profissionais”, são outros dos objetivos com esta medida.

Ainda assim, a ULSBA explica que as visitas obedecem a diversas normas, desde logo o de não poderem exceder “a duração máxima de 30 minutos”.

A par disso, e de forma a garantir um número de visitas reduzido, estas vão processar-se “de segunda a sábado, em sistema de dias alternados, no período da tarde, com desfasamento de horas em função da ala do hospital e do número da cama”, acrescenta a administração.

Durante a visita é ainda recomendada a utilização de máscara cirúrgica, a promoção do distanciamento físico e a higienização frequentemente das mãos, nomeadamente à entrada e à saída da enfermaria.

A ULSBA recomenda igualmente que os bens a entregar aos doentes seja “exclusivamente” artigos de higiene pessoal, garrafas de água ou pijamas, sendo que todas as exceções terão de ser “comunicadas, validadas e autorizadas” pelo enfermeiro responsável pelo doente.

Apelando a que todos os visitantes “cumpram rigorosamente as regras estabelecidas e as instruções que recebam dos profissionais de saúde”, a ULSBA alerta ainda que, “mediante a avaliação da situação epidemiológica local ou regional, pode ser determinada, em articulação com a autoridade de saúde local, a aplicação de medidas restritivas de visitas ou a sua suspensão temporária”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima