Helder Guerreiro ou Pedro do Carmo? PS do Baixo Alentejo elege novo líder em Junho

Helder Guerreiro ou Pedro do Carmo? PS do Baixo Alentejo elege novo líder em Junho

Depois da liderança de Luís Pita Ameixa durante mais de 10 anos, o PS do Baixo Alentejo vai entrar no próximo Verão com um novo presidente. Cerca de 2.000 militantes vão escolher entre Helder Guerreiro e Pedro do Carmo, os dois candidatos anunciados que protagonizam um verdadeiro “salto geracional” dentro do partido mais votado da região.
Neste contexto, está à vista uma luta “palmo a palmo” numa campanha que já começou mas deverá aquecer nas próximas semanas.
Entre argumentos e propostas, apoiantes e posições concretas, os dois candidatos parecem partir sem favoritismos.
Nem mesmo o discurso que apresentam permite acentuar, para já, uma distinção muito relevante!
Actual vice-presidente da Câmara de Odemira, Helder Guerreiro, 41 anos, assume que é “uma condição natural” estar disponível para o PS.
E revela que a sua candidatura à liderança é o “culminar de um percurso pessoal de responsabilidade e maturidade politicas”.
“Toda a minha vida, profissional e política, foi a construir projectos novos que são hoje realidades geradoras de coisas novas”, declara.
Dizendo-se “sensível ao apelo de muitos militantes que têm estimulado” a sua candidatura, Pedro do Carmo, que lidera a Câmara de Ourique desde 2005, destaca que este é “o momento adequado para reforçar” o seu contributo de servir o PS.
E não deixa de argumentar que, nesta fase, “deve abrir-se um novo ciclo” e uma “nova forma de estar e de fazer política”.

<b>CONHEÇA AS PROPOSTAS E O "OUTRO LADO" DOS CANDIDATOS À LIDERANÇA DO PARTIDO SOCIALISTA DO BAIXO ALENTEJO NO "CORREIO ALENTEJO" E NA REVISTA "30 DIAS", JÁ NAS BANCAS</b>

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima