Greve geral afecta funcionamento de escolas e autarquias no distrito de Beja

Greve geral afecta funcionamento de escolas e autarquias no distrito de Beja

Escolas e autarquias fechadas ou a funcionarem "a meio gás", lixo por recolher nas ruas e alguns transportes parados foram os efeitos mais visíveis da greve geral desta quarta-feira, 14, no distrito de Beja, disseram à Lusa dirigentes sindicais.
Segundo Casimiro Santos, coordenador distrital da CGTP, a central sindical que convocou a greve, as taxas de adesão no distrito de Beja são "boas", registando-se uma "forte" adesão na administração local e em alguns serviços públicos, como o Serviço de Fianças de Beja, que está fechado.
No sector dos transportes, no distrito de Beja, a adesão à greve na Rodoviária do Alentejo situa-se "entre os 25 e os 30%", com algumas carreiras interurbanas paradas, disse.
De acordo com o coordenador distrital de Beja do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local (STAL), Vasco Santana, as câmaras de Serpa e Castro Verde estão fechadas e há taxas de adesão à greve "muito significativas" em várias autarquias, como Beja (96%), Aljustrel (95%), Moura (91%) e Mértola (84%).
Há outras câmaras com taxas de adesão à greve entre os 50 e os 79% e a funcionarem "a meio gás", como as de Alvito (79%), Odemira e Vidigueira (78%), Ferreira do Alentejo (70%) e Cuba (50%).
A Assembleia Distrital de Beja, onde a paralisação é de 100%, está fechada, indicou Vasco Santana, referindo que a greve nas autarquias deixou sem recolha de lixo e limpeza de ruas 12 dos 14 concelhos do distrito.
Segundo o sindicalista, há também várias juntas de freguesia fechadas, como todas as do concelho Aljustrel, a maioria do de Serpa, todas as freguesias rurais do de Vidigueira e três do de Moura.
Na área da educação, segundo o Sindicato dos Professores da Zona Sul, há vários estabelecimentos de ensino abertos, mas sem aulas, e pelo menos 41 estão fechados, sobretudo jardins-de-infância e escolas básicas, nos concelhos de Aljustrel, Beja, Castro Verde, Mértola, Moura, Odemira, Ourique, Serpa e Vidigueira.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima