Funeral do bispo emérito de Beja realiza-se às 10h30 no cemitério da cidade

Funeral do bispo emérito de Beja realiza-se às 10h30 no cemitério da cidade

O funeral do bispo emérito de Beja, D. Manuel Falcão, realiza-se esta quarta-feira, 22, de manhã.
As exéquias solenes estão marcadas para as 10h30, decorrendo depois o funeral para o cemitério de Beja, onde a urna vai ser depositada no jazigo destinado aos bispos da diocese.
D. Manuel Falcão, de 89 anos, morreu na madrugada de terça-feira, 21, no seu quarto na Casa Episcopal, em Beja.
“Era um grande companheiro, um grande amigo, muito atento e inteligente, muito discreto”, afirmou o actual bispo de Beja, D. António Vitalino Dantas.
O falecido prelado, sublinhou, “era muito querido na diocese” e sempre “foi muito amigo dos pobres”.
“Partilhava sempre, com toda a gente que lhe pedia e, apesar de ser um homem de poucas falas e discreto, era muito atencioso”, acrescentou.
Manuel Franco da Costa de Oliveira Falcão nasceu a 10 de novembro de 1922, em Lisboa, e fez os estudos secundários no Colégio das Caldinhas, Santo Tirso, dos Jesuítas, de acordo com a biografia divulgada pela Diocese de Beja.
Licenciou-se em Engenharia Mecânica, no Instituto Superior Técnico, em Lisboa, e, em 1945, entrou no seminário, para se dedicar ao sacerdócio, recebendo a ordenação sacerdotal em 1951.
Depois, foi “alargando progressivamente a sua acção” a vários campos e foi eleito, em 1966, bispo titular de Telepte e auxiliar do Cardeal Patriarca de Lisboa.
Pouco depois da Revolução do 25 de Abril de 1974, mais precisamente em Outubro desse ano, foi nomeado bispo coadjutor, com direito a sucessão, do então arcebispo-bispo de Beja Manuel dos Santos Rocha.
Em 1980, Manuel Falcão tornou-se bispo da Diocese de Beja, lugar que ocupa até Janeiro de 1999, quando lhe é concedida a resignação e é sucedido por D. António Vitalino Dantas.
O novo bispo da diocese tomou posse em Abril de 1999, data em que Manuel Falcão passou a bispo emérito de Beja, continuando a viver no Paço Episcopal, onde morreu.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima