Fundos europeus comparticipam obras da Secundária de Castro

Fundos europeus comparticipam

A candidatura apresentada pela Câmara de Castro Verde a fundos europeus para a primeira fase das obras de requalificação da Escola Secundária local, no valor de 1,5 milhões de euros, já foi aprovada, revelou nesta quarta-feira, 25, o presidente da autarquia. Segundo António José Brito, também já está adjudicado o trabalho de revisão do projecto, sendo que até final do próximo mês de Abril a Câmara de Castro Verde pretende lançar o concurso para a empreitada.
Recorde-se que as obras de requalificação da Escola Secundária de Castro Verde representam um investimento total de cerca de 2,7 milhões de euros, dos quais 1.550.000 euros são referentes à primeira fase da intervenção (que tem agora financiamento comunitário garantido) e os restantes 1.234.000 euros à segunda fase.
A primeira fase da empreitada será centrada exclusivamente no edifício do bloco de salas de aula, enquanto a segunda será focada no edifício polivalente, da cantina e dos serviços administrativos.
Aquando da apresentação do projecto de arquitectura da obra, em Janeiro deste ano, o autarca António José Brito sublinhou que a intervenção prevista "pretende dar uma resposta adequada às necessidades, objectivos e características da comunidade escolar e contempla a recuperação e modernização dos edifícios existentes, corrigindo problemas de construção e infra-estruturais, muitos deles adquiridos ao longo dos últimos 33 anos".

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima