Fundação EDP entregou computadores a alunos de Beja

A Fundação EDP entregou nesta terça-feira, 16, aos alunos do Agrupamento de Escolas n.º 1 de Beja, os primeiros 50 computadores no âmbito do programa “EDP Solidária”, que em 2021 vai doar um milhão de euros em equipamentos para apoiar a capacitação digital do ensino nacional.

O Agrupamento de Escolas n.º 1 de Beja, com sede na Escola Secundária Diogo de Gouveia, foi a instituição de ensino que recebeu os primeiros computadores, que vão ser distribuídos pelos alunos do primeiro ao terceiro ciclo do ensino básico.

“Esta é uma das escolas identificadas pelo Ministério da Educação para receber os equipamentos doados pela Fundação EDP e que faz parte do programa TEIP – Territórios Educativos de Intervenção Prioritária, localizadas em territórios económica e socialmente desfavorecidos”, explica a Fundação EDP em comunicado.

“Agradecemos à Fundação EDP as dezenas de computadores disponibilizados aos alunos carenciados do nosso Território Educativo de Intervenção Prioritária. Esta iniciativa vem confirmar e dar corpo à eficácia da sua generosa vertente solidária, pois irá, com este acto, contribuir para a melhoria da qualidade escolar dos alunos abrangidos, promover a igualdade de oportunidades, a melhoria do sucesso escolar e de uma forma mais abrangente a inclusão”, afirma José Eugénio Pereira, director do Agrupamento de Escolas.

Os computadores, que são doados às escolas, ficam disponíveis para os alunos utilizarem nas aulas online na escola e em casa, durante o seu percurso lectivo.

Os restantes vão ser distribuídos às escolas identificadas pelo Ministério da Educação, consoante a disponibilidade dos fornecedores, num total de 3.000 computadores.

“A Fundação EDP quis contribuir para a necessidade urgente de assegurar que as crianças e jovens portugueses têm acesso à educação, numa fase crítica do seu desenvolvimento. Beja foi a primeira localidade a que conseguimos chegar, mas pretendemos rapidamente garantir que mais alunos de outras escolas possam assistir às suas aulas online, numa fase que representa um enorme desafio para todos”, sublinha Vera Pinto Pereira, presidente da Fundação EDP.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima