Festival “Terras Sem Sombra” sem apoio da DGA em 2023

Música - piano_Terras Sem Sombra

A continuação do festival “Terras Sem Sombra” nos moldes em que o tem sido feito pode estar “em risco”, devido à falta de apoio da Direção Geral das Artes (DGA) à iniciativa em 2023, anunciou a organização do evento.

Na página oficial do festival na rede social Facebook, a organização do “Terras Sem Sombra” explica que foi notificada, por parte da DGA, “de que esta entidade considerou elegível a candidatura” do certame ao Programa de Apoio Sustentado às Artes, na modalidade bienal.

Ainda assim, a DGA “projeta não a considerar, em termos financeiros, ‘em virtude de ter sido esgotado o montante global disponível para a área artística e/ou modalidade de apoio’ em causa”, acrescenta a mesma fonte no comunicado.

Segundo a organização do “Terras Sem Sombra”, “esta decisão põe em risco a continuação do festival, nos moldes” em que tem sido feito.

“Além disso, discrimina negativamente o Alentejo, região onde não foi contemplado nem sequer um único projeto no âmbito da música, ao contrário do que tem sucedido nos últimos cinco anos. Algo que causa estranheza, face ao anúncio de que está previsto um notório reforço das verbas consignadas às artes em 2023”, sublinha.

Perante este quadro, a organização do “Terras Sem Sombra” afirma que vai pronunciar-se sobre esta proposta de decisão da DGA, “confiando em que sejam reprogramadas verbas” e a nossa região “não fique marginalizada”.

“Sem esconder a preocupação, mas na certeza de que baixar os braços não é solução, tudo faremos para prosseguirmos serenamente este caminho em prol da cultura, da coesão territorial e do Alentejo”, conclui o comunicado.

Opinião

Carlos Pinto

7 de Junho, 2024

O problema da imigração

Napoleão Mira

7 de Junho, 2024

Mestre Vargas, Um Barbeiro Invulgar

Carlos Pinto

24 de Maio, 2024

Tensão extrema!

Vitor Encarnação

24 de Maio, 2024

Sábado à noite

Carlos Pinto

10 de Maio, 2024

O futuro dos Bombeiros!

Napoleão Mira

10 de Maio, 2024

A Alquimia das Favas

Anterior
Seguinte

EM DESTAQUE

ULTIMA HORA

Role para cima