Festival de Teatro começa em Odemira

Festival de Teatro

Durante um mês e meio o público de Odemira vai disfrutar de sete espectáculos no âmbito do Festival de Teatro Amador de Odemira, que arranca este sábado, 19, à noite.
As sete peças serão apresentadas por outros tantos grupos de teatro do concelho, que sobem ao palco do cine-teatro Camacho Costa, todos os sábados, a partir das 21h30, com entradas livres, numa iniciativa integrada no programa “Setembro Cultural”, promovido pela Câmara Municipal de Odemira.
Já este sábado, 19, será apresentada a peça “Festa Infernal 2”, pelo Grupo de Teatro Desenferruja Mentes. Com encenação de Fernando Parreira, resulta de uma adaptação da obra “Carnaval Infernal”, quando “o Diabo organiza uma festa de boas vindas em sua casa e convida personagens míticas e reais bem conhecidas”.
O festival prossegue no dia 26 com a peça “A vida de um Pinga Amor”, pelo Grupo de Teatro Calitrus, cuja direcção é assegurada por Rui Pisco.
A 3 de Outubro subirá ao palco o Grupo de Teatro Os Gatos Pingados, com a peça “A Tasca da Piriquita”.
E para o dia 10 de Outubro está agendada a peça “Santa Felícia”, pelo Grupo de Teatro Acordar. Um original do grupo, que conta a história de um novo médico que chega à aldeia.
A 17 de Outubro será a vez do Grupo de Teatro As Galderices apresentar “O Tesouro da Bélinha”, uma adaptação teatral da lenda “O Cágado de Ouro” e do conto “O Tesouro da Terra” e que faz um retrato da vida e das artes das gentes da foz do rio Mira.
No dia 24 de Outubro, o Grupo de Teatro Cabanita apresenta “Truz Tuz! – Quem é?”, um original com encenação de Mariana Parreira.
O festival termina a 31 de Outubro, com “A Dama Pé de Cabra”, pelo Grupo de Teatro Rústico – uma adaptação teatral do texto do séc. XI, recolhido por Alexandre Herculano com direcção de Rui Pisco.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima