Festival de Cinema Digital de Odemira arranca nesta quinta-feira

Festival de Cinema Digital de Odemira arranca nesta quinta-feira

Vinte cinco filmes de jovens realizadores portugueses e um brasileiro, entre documentários e curtas-metragens de ficção, animação e videoclip, vão competir no terceiro Festival de Cinema Digital de Odemira, que arranca nesta quinta-feira.
O festival, organizado pela Fundação Odemira, vai decorrer até sábado no Cineteatro Camacho Costa, na vila de Odemira, no litoral alentejano, com exibição e competição de filmes, um ciclo de cinema documental e workshops.
Segundo a organização, o Festival de Cinema Digital de Odemira pretende "contribuir para a descentralização dos festivais de cinema em Portugal" e "dar visibilidade" aos filmes que, "a maior parte das vezes", "não têm espaço no circuito comercial", como as curtas de animação e de estudantes de cinema.
A "grande novidade" da edição deste ano do festival é a inclusão do género documentário como secção autónoma a concurso, explica a organização, frisando que vão estar em competição 25 filmes de "grande criatividade" e "elevada qualidade" técnica, de argumento, de fotografia e de realização.
Entre os filmes em competição, estão oito documentários, três curtas e cinco médias ou longas-metragens, 10 de ficção, seis de animação e um videoclip.
Após a exibição dos filmes, o festival irá premiar a melhor curta-metragem, nas áreas de animação, ficção, documentário e videoclipe, o melhor documentário (média ou longa-metragem), o "Realizador Revelação" e o melhor filme de universidades portuguesas.
O júri do Festival é constituído pelos realizadores Jorge Pelicano e Vicente Alves do Ó, pelo actor Francisco Areosa, pela jornalista e editora de cultura da SIC Graça Costa Pereira, pelo humorista e comunicador Fernando Alvim e pelo vice-presidente da Câmara de Odemira Hélder Guerreiro.
No ciclo de cinema documental vão ser exibidos os documentários "Pare, Escute e Olhe", de Jorge Pelicano, e "Sinfonia Imaterial", de Tiago Pereira, e os filmes "Longe de Mim", de Nuno Matos, e "As Aventuras de Tintim – o Segredo do Licorne", de Steven Spielberg.
A programação do festival inclui também a exibição da curta-metragem de ficção "Mutter", de Rafael Antunes e Tony Costa, um filme no âmbito do projecto Transmedia da Universidade Lusófona e que conta com a participação da actriz Anabela Teixeira, a embaixadora do festival.
O festival inclui ainda os workshops "O cinema ambulante", por António Feliciano, "um dos últimos projeccionistas ambulantes em Portugal", e "O project Transmedia MUTTER", a cargo do realizador e operador de câmara da SIC Rafael Antunes Martins.
A programação do festival inclui ainda a exibição do filem "Portugal Segundo o Poeta João Batista", de Jorge Pelicano, a entrega do "Prémio Infantil" e a exibição do filme "O Gato das Botas – a Verdadeira História", de Jérôme Deschamps.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima