FC Castrense favorito no início da segunda volta do "Distritalão"

FC Castrense favorito no início da segunda volta do "Distritalão"

É uma velha máxima que Francisco Fernandes não se cansa de repetir, sobretudo aos seus jogadores: “os campeonatos nunca são como começam, mas sempre como acabam”.
É este o espírito que o treinador do FC Castrense quer ver incutido na mente dos seus atletas a partir deste domingo, 8, no arranque da segunda volta do campeonato distrital da 1ª divisão.
Decorrida a primeira metade da época, a turma de Castro Verde é cada vez mais a grande candidata ao título distrital de 2011-2012 e os números falam por si: a equipa lidera o campeonato sem derrotas e com 35 pontos mais sete e onze pontos de vantagem sobre os “perseguidores” Milfontes e Ferreirense, respectivamente.
A isto junta ainda o melhor ataque (35 golos marcados, 14 dos quais “à conta” de Rui Pepe, melhor marcador da prova) e a defesa menos batida (apenas cinco golos sofridos).
“Fizemos uma primeira volta brilhante, com 35 pontos conquistados em 39 possíveis, mas isso de nada vale se não conseguirmos manter o nível nas 13 jornadas que faltam. Temos tornado as coisas fáceis e estamos no bom caminho, mas a segunda volta vai ser muito difícil e vamos ter de continuar a trabalhar muito. E se mantivermos o nível que temos mostrado até agora, de certeza que vamos ser campeões”, vinca ao “CA” Francisco Fernandes.
Diz o povo que “cautela e caldos de galinha nunca fizeram mal a ninguém” e essa parece ser a regra em Castro Verde.
Isto apesar das equipas que seguem logo atrás do FC Castrense já não sonharem (pelo menos declaradamente) com o título e consequente subida ao campeonato nacional da 3ª divisão.
“O nosso objectivo não era o título no início da época e não é agora que o vamos alterar. Penso que o FC Castrense está muito bem assumido para subir e deve-o conseguir com maior ou menor custo, mas podem contar connosco para animar um bocadinho o campeonato”, frisa Fernando Candeias, treinador do Milfontes.
Uma posição quase idêntica tem o seu homólogo de Ferreira do Alentejo.
“Não temos a pressão da subida, pois apenas nos pediram a manutenção e a nossa meta será ganhar sempre que possível. Relativamente ao primeiro lugar, o FC Castrense já tem uma vantagem considerável e só se tiver algum deslize é que não vai subir. Mas penso que a questão ainda não está totalmente resolvida e só nas próximas jornadas isso ficará decidido”, sublinha Carlos Neves.

<b>CAMPEONATO DISTRITAL DA 1ª DIVISÃO
JORNADA 14 – 8 DE JANEIRO DE 2012 – 15H00</b>

Panóias-FC Castrense
Guadiana-Rosairense
Milfontes-Ferreirense
Almodôvar-Desp. Beja
FC Serpa-Aldenovense
FC São Marcos-Sp. Cuba
Vasco da Gama-Odemirense

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima