FC Albernoense tem sonho de chegar à 1ª divisão

Com 35 anos de existência (cumpridos a 18 de Setembro de ano passado), o FC Albernoense alimenta um grande sonho: colocar esta pequena aldeia do concelho de Beja no “mapa” do campeonato distrital da 1ª divisão. Uma ambição assumida por Pedro Jonas, que lidera os destinos do clube desde 2013.

“Desconhecemos o dia de amanhã e estamos a viver um dia de cada vez. Mas um dos objectivos que temos em mente, entre tantos outros, é a subida de divisão e levar a nossa pequena aldeia à 1ª divisão distrital, o que era algo único”, revela ao “CA” Pedro Jonas, de apenas 28 anos.

A subida até poderá acontecer já em 2020-2021, época em que o FC Albernoense lidera a Série A da 2ª divisão distrital, com 14 pontos conquistados nas sete jornadas já disputadas.

“O nosso objectivo era claro: chegar à segunda fase e jogá-la pelo menos, pois assim já iríamos fazer história. E até esta interrupção devido à pandemia as coisas estavam a correr bem”, diz, fazendo um “balanço extremamente positivo” dos meses de competição já decorridos.

Mas esta ambição do FC Albernoense pode esbarrar na pandemia da Covid-19, uma vez que as competições estão suspensas até, pelo menos, ao dia 14 de Fevereiro, não havendo garantias de que sejam retomadas pela Associação de Futebol de Beja (AFBeja).

“Sinceramente, não espero que o campeonato seja retomado, até tendo em conta a situação diária que vamos tendo, com muitos casos”, admite Pedro Jonas, considerando que caberá à AFBeja decidir o que será feito depois.

“O ano passado as coisas foram decididas numa fase muito adiantada da época, pois já estávamos a começar a segunda fase. Mas agora ainda falta jogar uma volta e obviamente que as decisões não poderão ser iguais às do ano passado”, adverte o jovem presidente.

“Hoje o FC Albernoense não é o clube que era há três ou quatro anos atrás. Temos vindo a crescer de forma sustentada e o clube está na sua melhor fase a nível financeiro.”

Pedro Jonas | presidente do FC Albernoense

Sem campeonato (para já), a direcção do FC Albernoense vai aproveitando para realizar pequenas obras na sua sede e no Campo de Jogos Manuel Peste, onde recentemente foram instalados sanitários e um pequeno ginásio.

E em breve serão remodelados os balneários, num projecto do clube em parceria com a Câmara de Beja e que terá um apoio do Programa de Requalificação de Infra-estruturas Desportivas, do Instituto Português do Desporto e Juventude.

Segundo Pedro Jonas, estas intervenções são a consequência natural do crescimento que o FC Albernoense tem vindo a registar nos últimos anos.

“Hoje o FC Albernoense não é o clube que era há três ou quatro anos atrás. Temos vindo a crescer de forma sustentada e o clube está na sua melhor fase a nível financeiro”, garante.

Esta realidade faz o emblema de Albernoa continuar a encarar o futuro com um grande sonho: ter um relvado sintético. “Isso seria a cereja sobre o topo do bolo”, conclui Pedro Jonas.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima