Faleceu Manuel Bento, “mestre” da viola campaniça

Faleceu Manuel Bento

Manuel Bento, 88 anos, considerado o último “mestre” da velha geração de tocadores de viola campaniça, faleceu esta quarta-feira, 14 de Janeiro, em Beja, onde residia.
Natural de Aldeia Nova mas a viver na Funcheira desde 1972, ano em que a localidade no concelho de Ourique ficou submersa pela água da barragem do Monte da Rocha, Manuel Bento aprendeu cedo a arte de dedilhar as cordas da viola campaniça, numa tradição partilhada, entre outros, com o tio Francisco António, também já falecido.
Manuel Bento tocava em bailes, à porta de casa à noite e em festas, tendo chegado a participar em alguns discos com outros tocadores, lançados a partir do final da década de 80, altura em que a viola campaniça foi “resgatada” da memória através do programa “Património”, da Rádio Castrense.
“Perdemos um amigo e a cultura alentejana perdeu o último grande mestre da velha geração de tocadores de viola campaniça”, escreveu José Francisco Colaço Guerreiro, que apresenta o programa “Património” desde o primeiro dia, há 25 anos, na sua página no Facebook.
O funeral de Manuel Bento realiza-se esta quinta-feira, 15, pelas três da tarde, no cemitério de Garvão.
À família enlutada o “CA” apresenta as suas condolências.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima