Estratégia Local de Habitação avança em Aljustrel

A Câmara de Aljustrel e o Instituto da Habitação e da Reabilitação (IHRU) assinaram nesta quarta-feira, 4, o acordo de colaboração para a aplicação da Estratégia Local de Habitação (ELH) no concelho mineiro, num investimento avaliado em quase 7,3 milhões de euros.

Segundo a autarquia, Aljustrel surge entre os primeiros municípios do país que assinaram este acordo, depois de ter elaborado a ELH “com a colaboração das juntas de freguesia e das instituições particulares de solidariedade social (IPSS) do concelho”.

A ELH de Aljustrel “foi concebida para dar resposta aos desafios atuais e de futuro, contemplando diversas áreas de atuação, traduzindo-se na efetivação de um parque habitacional ajustado, atrativo, acessível e de qualidade para todos”, afiança a Câmara Municipal em comunicado.

A mesma fonte acrescenta que o documento reflete “as necessidades que foram identificadas, aquando do preenchimento do inquérito disponibilizado à população, e engloba a visão de uma ‘nova geração de políticas de habitação’”.

“Esta estratégia dota ainda o município de um instrumento capaz de dar resposta às necessidades atuais, mas que antecipa cenários que podem vir a colocar-se muito em breve”, reforça.

Nesse sentido, a ELH permitirá “reabilitar edifícios já existentes e potenciar a construção de novos fogos” em Aljustrel, “fomentando-se a aquisição ou o arrendamento a preços mais controlados, nomeadamente a jovens casais, a famílias monoparentais, entre outros, nos núcleos urbanos das vilas e das aldeias, e respondendo-se às necessidades de alojamento existentes”.

A Câmara de Aljustrel revela que no planeamento da ELH “ficou identificada ainda a urgência de criação de ‘casas função’, para a fixação de nova população neste território, bem como uma resposta a pessoas em situação vulnerável, nomeadamente vítimas de violência doméstica, num projeto que pretende contar com a colaboração de uma IPSS do concelho de Aljustrel”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima