Espanho Enrique Ramos Guerra vence Prémio Ibérico de Escultura de Serpa

Espanho Enrique Ramos Guerra vence Prémio Ibérico de Escultura de Serpa

O espanhol Enrique Ramos Guerra venceu a quarta edição do Prémio Ibérico de Escultura da Cidade de Serpa com a peça em aço “Silueta 7”, anunciou a autarquia serpense no último fim-de-semana.
O escultor recebeu um prémio de 7.500 euros, sendo que foram ainda distinguidas com menções honrosas as obras do português Hugo Maciel e do espanhol Jesus Algovi.
Enrique Ramos Guerra é licenciado em Belas Artes (Pintura e Gravura) pelas Faculdades de Sevilha e de Madrid e é catedrático de Desenho e professor-titular de Modelação na Faculdade de Belas Artes de Sevilha.
A edição de 2011 do Prémio Ibérico de Escultura da Cidade de Serpa contou com 27 participantes e 13 esculturas seleccionadas em exposição, patentes ao público até ao fim do ano no percurso exterior que liga o cine-teatro municipal e a Biblioteca Municipal de Serpa.
Do júri desta edição fizeram parte António José Matos e João Duarte (ambos professores de Escultura da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa), Juan Tejera de Jesus (artista plástico), Isabel Estevens (vereadora da Câmara Municipal), Olegário Martin Sanchez e Santiago Navarro (professores de Escultura da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Sevilha).
“Silueta 7” irá juntar-se a “Medievo” (vencedora da primeira edição), “Máxima” (segunda edição) e “Olhador” (terceira edição), esculturas que já fazem parte da paisagem urbana de Serpa.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima