Escritores do Alentejo criam nova associação

Escritores do Alentejo

Promover e divulgar as obras de autores alentejanos ou ligados à região é um dos grandes objectivos da recém-criada ASSESTA – Associação dos Escritores do Alentejo.
“O ponto de partida desta associação é fazer com que os autores associados tenham uma dimensão diferente no campo literário nacional”, revela ao “CA” Luís Miguel Ricardo, presidente e um dos 15 sócios-fundadores da associação, fruto de uma ideia que demorou quase dois anos a ganhar corpo e forma.
“A ASSESTA nasceu da vontade e necessidade de um grupo de escritores naturais do Alentejo – ou com fortes vínculos à região – em proteger e promover as criações literárias dos autores associados, assim como dinamizar a actividade literária na região”, acrescenta o presidente.
Promover e apresentar os livros dos escritores associados junto das bibliotecas públicas ou escolares, nas feiras do livro e outros pólos culturais, promover a submissão das obras dos escritores associados à crítica literária e estabelecer protocolos de colaboração com outras instituições de promoção cultural são alguns dos (muitos) objectivos a que se propõe a associação.
E se as metas são ambiciosas, ideias para as colocar em prática também não faltam.
“Neste momento, e de forma a apadrinharmos o surgimento da associação, estamos a produzir uma obra, que se chamará Contos ASSESTA, que no fundo mostrará o ADN da associação e onde ada um dos sócios-fundadores produzirá um pequenos conto alusivo ao Alentejo e às suas tradições”, revela Luís Miguel Ricardo.
A colectânea será lançada em simultâneo com a apresentação pública da ASSESTA, que deve acontecer durante o mês de Outubro.
Depois, a associação pretende a obra seja editada todos os anos, seja com textos de autores convidados ou como suporte de um concurso literário que ambiciona implementar.
No horizonte a curto-prazo da associação está também a participação, em Novembro, nos Encontros Literários do Alentejo, que se realizam em São Teotónio, assim como a organização de oficinas de escrita criativa, a criação de um site e de uma página no Facebook e a produção de crónicas para rádios e jornais.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima