Entrudanças é "Carnaval alternativo" este fim-de-semana em Entradas

Entrudanças é "Carnaval alternativo"

Os espanhóis Tazzuff e os portugueses Adamastor Remix e Dancing Strings animam os principais bailes do 10.º Festival Entrudanças, que arranca nesta sexta-feira, 8, na vila de Entradas (Castro Verde), para celebrar o Carnaval de forma "diferente e alternativa".
O festival, organizado pela PédeXumbo, uma associação para a promoção de música e dança, em parceria com a Câmara de Castro Verde e a Junta de Freguesia de Entradas, vai decorrer até domingo em vários locais da vila, sobretudo com oficinas e bailes.
O Entrudanças, que este ano comemora 10 anos de realização em Entradas, "celebra o Carnaval de forma diferente e alternativa", ao transformar o público-espetador em público-participante em várias atividades de promoção de músicas, danças e culturas tradicionais, explicou hoje à agência Lusa Marta Guerreio, da PédeXumbo.
O festival vai oferecer, durante o dia, oficinas de danças, instrumentos, cante alentejano, construção de cabeçudos e de gastronomia, documentários e actividades para crianças e famílias e, à noite, concertos e bailes, "convidando à dança e à diversão".
Nesta sexta-feira, às 18h00, no Museu da Ruralidade, o festival arranca com uma projecção de imagens sobre os "10 anos do Entrudanças em Entradas" e que contará com a participação do grupo coral "As Ceifeiras".
Os principais bailes das três noites do festival, no salão do Centro Recreativo de Entradas (CRE), vão ser animados pelos Tazzuff nas madrugadas de sexta-feira para sábado e de sábado para domingo, pelos Adamastor Remix, no sábado, e pelos Dancing Strings, no domingo.
A primeira noite do festival, na sexta-feira, inclui também uma arruada com o grupo folclórico "Os Chocalheiros" e dois bailes, um com o português João Gentil, no CRE, e outro com o espanhol Sergio Cobos, na Praça Zeca Afonso.
A segunda noite do festival, no sábado, além dos bailes com os Adamastor Remix e Tazzuff, inclui outro baile com o duo português String Fling, no salão do CRE, e um concerto do Grupo de Violas Campaniças e do Coro Polifónico de Castro Verde, na igreja Matriz de Entradas.
A terceira e última noite do festival, no domingo, além do baile com os Dancing Strings, inclui outro baile com os portugueses OiO, também no salão do CRE.
No sábado, a partir as 14h30, o festival, através de um desfile, vai apresentar as máscaras realizadas por alunos do pré-escolar e do 1.º ciclo do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas de Castro Verde no âmbito do projecto "Entrudanças nas Escolas".
Os parabéns pelos 10 anos de realização do Entrudanças em Entradas vão ouvir-se no domingo, 10, a partir das 16h30, na Praça Zeca Afonso, numa festa com bolo de aniversário e as actuações da Banda Filarmónica 1.º de Janeiro e do Grupo Coral "As Papoilas do Corvo".
As duas primeiras edições do Entrudanças, em 2000 e 2001, realizaram-se em Évora, e, depois de dois anos de interregno, o festival passou a realizar-se em Entradas.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima