Empresas de reboque do Baixo Alentejo exigem revisão de tarifas

As empresas de reboque do Baixo Alentejo querem que as tarifas pagas pelas seguradoras e empresas de assistência em viagem pelos seus serviços sejam revistos, por forma a garantir a sua “viabilidade económica”.

A exigência surge através do Núcleo Empresarial da Região de Beja (NERBE), que em comunicado citado pela Agência Lusa pede às seguradoras e empresas de assistência em viagem para que procedam, “com a maior brevidade possível”, a uma “revisão do tarifário dos serviços” que os rebocadores lhes prestam.

Em causa está, segundo o NERBE, o facto de os valores a pagar em vigor não terem sido atualizadas na última década, sendo “suficientes para fazer face a todas as despesas existentes nas empresas do setor”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima