Empresa algarvia vai produzir caviar no Alentejo

Empresa algarvia vai

A “Caviar Portugal” é uma empresa criada a partir da Universidade do Algarve que vai começar a produzir caviar em 2015 a partir de uma unidade no Alentejo, com capacidade para exportar até cinco toneladas por ano.
Numa piscina azul que custou 500 euros, e que está instalada na Universidade do Algarve, nadam centenas de esturjões que chegaram da Holanda em Fevereiro, através de uma empresa de correio expresso, na versão de ovos fecundados, contou à Agência Lusa Paulo Zaragoza, director-executivo do projecto “Caviar Portugal”, recordando que pagaram “cinco mil euros” pelos ovos.
O projecto-piloto empresarial nascido na Universidade do Algarve está prestes a emancipar-se e, entre o final deste ano e o início de 2014, vai ser construída uma unidade no distrito de Évora, com capacidade para produzir caviar, iguaria composta de ovos salgados de esturjão, a partir de 2017.
O investimento previsto é da ordem dos quatro milhões de euros.
O luxuoso petisco “vai ser exportado principalmente para o mercado asiático, mas a América do Norte e Europa também estão no roteiro.
Em Portugal só devem ficar uns 5% da produção”, referiu o director-executivo e responsável técnico pelo projecto.
A unidade produtiva no Alentejo dará para a instalação de cerca de 150 toneladas de quatro espécies de esturjão que vão ter a capacidade de produzir, ao fim de cerca de cinco anos, entre 4,5 toneladas a cinco toneladas de caviar, estimou Paulo Zaragoza.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima