EMAS de Beja define 2013 como ano de consolidação

EMAS de Beja define 2013

A Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMAS) de Beja acredita que 2013 vai ser um ano para continuar no “caminho da consolidação” e ganhar “dimensão”.
Fonte do conselho de administração da empresa adianta ao “CA” que “depois de consolidada a sua posição”, a EMAS deve tentar “optimizar o seu quadro de actuação, maximizando economias de escala, de gama e de processo, quer ao nível das suas competências próprias quer ao nível do ganho de dimensão que possa vir a criar”.
“O contexto actual torna ainda mais necessária a consolidação da sustentabilidade técnica, económica e financeira das entidades gestoras de serviços de águas”, acrescenta a mesma fonte.
Para tal, em 2013 a EMAS pretende aumentar o número clientes a quem prestar serviços (tanto ao nível do laboratório como na área do saneamento de águas residuais ou na gestão de clientes/gestão de consumos), além de criar “valor acrescentado” com participações activas em processos de investigação e desenvolvimento com vista à criação de novos produtos ou novos serviços, e alargar sua área de actuação “com parcerias ou outras formas de actuação em conjunto com as demais entidades gestoras da região”.
Este novo ano poderá ficar igualmente associado à transição para a EMAS de
algumas das valências “até agora geridas pela Câmara de Beja”, de acordo com a proposta que o actual conselho de administração da empresa vai apresentar à Assembleia Municipal “no quadro do contrato de gestão delegada entre as duas entidades”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima