EMAS de Beja altera organização interna de serviços

EMAS de Beja altera organização interna de serviços

A EMAS – Empresa Municipal de Água e Saneamento de Beja implementou alterações na sua estrutura interna, tendo sido criadas duas novas divisões ligadas ao abastecimento de água e ao saneamento de águas residuais.
A criação da Divisão de Operação e a Divisão de Manutenção de Abastecimento e de Saneamento vão de encontro à “necessidade de adaptação” da empresa “às exigências de qualidade de serviço” e à “melhoria da eficiência e eficácia da organização”, explica ao “CA” fonte oficial da EMAS, lembrando que esta alteração na sua estrutura interna teve também em conta as alterações ocorridas recentemente no sector da água, preparando a instituição bejense para os novos desafios “que possam resultar de novos modelos que vierem a ser adoptados para a gestão do ciclo urbano da água”.
“Com as alterações agora implementadas, inicia-se um novo ciclo na actuação de uma empresa que, sendo a única que na região Alentejo e na esfera autárquica, a fazer uma gestão em contexto empresarial de serviços de águas em ‘baixa’, é naturalmente tida como um referencial, quer pelas demais entidades gestoras de âmbito municipal, quer pelos próprios cidadãos”, acrescenta a mesma fonte.
Da nova estrutura aprovada pela direcção da EMAS de Beja faz também parte a Divisão de Projectos, Empreitadas e Infra-estruturas, que pela centralização de processos pode potenciar “ganhos de eficiência e de flexibilidade na gestão de todos os recursos internos e externos à disposição desta unidade”.
Foi ainda reforçado o papel da Divisão Administrativa, Financeira e Comercial, que passou a englobar e centralizar todos os processos de suporte à actividade da empresa, além de lhe terem sido atribuídas novas funções de apoio ao director-delegado e ao conselho de administração “em matéria de controlo de gestão”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima