“Distritalão” renhido no arranque da segunda volta

As expetativas iniciais estão a ser cumpridas e o campeonato distrital da 1ª divisão de 2021-2022 promete ser dos mais “renhidos” de sempre!

A segunda volta da competição arranca neste domingo, 9 de janeiro, com os primeiros quatro classificados separados por apenas três pontos, o que deixa antever muita competitividade até final da fase regular do campeonato (haverá depois uma segunda fase, com duas séries, onde os seis primeiros discutirão o título e a subida, enquanto os últimos seis irão lutar pela manutenção).

Para já, e contas feitas às primeiras 11 jornadas da prova, são FC Castrense e Vasco da Gama da Vidigueira seguem na frente, ambos com 27 pontos e sem qualquer derrota, o que atesta bem a qualidade e competência existente em ambos os plantéis.

Logo atrás, com 26 pontos, surge o Moura AC, que apenas perdeu em Castro Verde e tem vindo a demonstrar, jornada após jornada, que vai estar na luta pelo título (e consequente regresso ao Campeonato de Portugal) até final.

Em franco crescimento está a formação do Mineiro Aljustrelense, que após um início de campeonato titubeante tem vindo a melhorar significativamente e se encontra a apenas três dos líderes.

Fora da luta pelo título, mas com legítimas ambições de chegarem à segunda fase do campeonato incluídas na série da subida, surgem União Serpense, Penedo Gordo e Piense, respetivamente quinto, sexto e sétimos classificados.

Se dos da “cidade-branca” se esperava um pouco mais nesta sua estreia na 1ª divisão distrital, tendo em conta as características do projeto e alguns dos nomes que integram o seu plantel, as formações de Penedo Gordo e de Pias têm correspondido às expetativas e farão, seguramente, uma segunda metade de temporada tranquila.

Finalmente, a luta pela manutenção parece estar reservada para cinco equipas, entre as quais surge inesperadamente o Desportivo de Almodôvar, que soma apenas oito pontos, tantos como o recém-promovido Renascente de São Teotónio.

Mais abaixo ainda estão Despertar (cinco pontos), Sp. Cuba e FC São Marcos (ambos com quatro pontos), que terão de melhorar bastante nesta segunda volta para poder fazer do sonho da manutenção uma realidade.

Para já, faltam mais 11 jornadas para o final da fase regular do campeonato. Vamos à bola!

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima