Director do Rali de Portugal espera prova competitiva

Director do Rali de Portugal

O director do Rali de Portugal, que arranca sexta-feira, 12, confia que a edição deste ano será bem disputada, “ao nível do que de melhor se faz” no Mundial WRC.
“Esperamos que seja uma prova bem disputada, ao nível do que de melhor se faz no Campeonato do Mundo de ralis. O Rali de Portugal é hoje uma referência mundial, temos edições muito animadas do ponto de vista desportivo e, felizmente, muito bem organizadas”, disse Pedro Almeida, em declarações à Agência Lusa.
Um dos destaques do rali deste ano é a ausência do francês Sébastien Loeb, nove vezes campeão do Mundo, que Pedro Almeida lamenta, embora ressalve que o piloto gaulês não foi tão dominador em Portugal como em outras provas do campeonato do Mundo.
“Admito que Sebastien Loeb esteve em nove temporadas ao mais alto nível, embora não tenha sido tão incisivo em Portugal, mas se a sua ausência, por um lado, é uma pena, por outro, permitirá um maior equilíbrio”, destaca.
A entrada em cena da Volkswagen também merece destaque por parte de Pedro Almeida, que lembra o actual domínio do francês Sébastien Ogier (que venceu duas das três primeiras provas do campeonato), que para o director da prova lusa tem tudo para ser o novo “xerife na cidade”, assumindo o papel do seu compatriota.
A 47ª edição do Rali de Portugal arranca sexta-feira, 12, no Algarve e decorre até domingo, 14. Grande parte das classificativas vão disputar-se nos concelhos baixo-alentejanos de Almodôvar e Ourique.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima