Detidos militares da GNR de Odemira e Milfontes

Detidos militares da GNR

A Polícia Judiciária (PJ) deu cumprimento, nesta quarta-feira, 8 de Maio, aos mandatos de detenção contra quatro militares da GNR dos postos de Odemira e de Vila Nova de Milfontes, numa operação que teve a colaboração dos comandos da GNR de Beja e Setúbal.
Em comunicado a PJ refere que os quatro detidos estão “indiciados pela comissão dos crimes de ofensa à integridade física qualificada, sequestro agravado e violação de domicílio por funcionário”, factos praticados no início de Outubro de 2018 no concelho de Odemira.
De acordo com a TVI, em causa estarão alegadas agressões a dois cidadãos nepaleses, trabalhadores numa exploração agrícola na zona de Vila Nova de Milfontes.
A PJ adianta ainda que os detidos “serão presentes a primeiro interrogatório judicial, para aplicação das medidas de coacção processual tidas por adequadas”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima