Deputado do PS questiona Governo sobre fecho de Finanças

Deputado do PS questiona

O possível fecho de repartições de Finanças no distrito levou o deputado do PS por Beja a apresentar na Assembleia da República várias questões à ministra das Finanças.
No documento apresentado esta terça-feira, 24, no Parlamento e destinado a Maria Luís Albuquerque, Luís Pita Ameixa questiona a ministra sobre se vai o Governo “proceder ao encerramento de Serviços de Finanças concelhios”, se “haverá critérios para o efeito” e se estes serão “iguais para todo o território ou haverá diferenciações”.
O parlamentar socialista pretende ainda saber da parte da ministra de Estado e das Finanças o que está previsto no distrito de Beja “quanto a cada um dos Serviços de Finanças” e qual o futuro da Direcção Distrital de Finanças.
As questões colocadas por Pita Ameixa surgem depois do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos ter revelado na passada semana a forte possibilidade do Governo vir a fechar em breve 10 das 14 repartições de Finanças que existem na região do Baixo Alentejo.
Para o deputado do PS, os serviços de Finanças concelhios “têm existência antiga e constituem um serviço de proximidade com os cidadãos e as empresas nos diversos concelhos do distrito de Beja”, constituindo igualmente “um elemento relevante sócio-político da estruturação dos concelhos e da sua qualificação”.
Para Pita Ameixa, apesar de hoje já existirem meios electrónicos de comunicação, estes não têm “uma penetração generalizada a toda a população, mormente em certos sectores populacionais como os mais idosos”.
Além do mais, continua Ameixa, o distrito de Beja “é o maior do país, com mais de 10 mil quilómetros quadrados, sendo que as populações – em grande medida com fracos recursos e idosa – para aceder a serviços fora do seu concelho teriam de percorrer muitas dezenas de quilómetros e os transportes faltam igualmente”.
“Não se pode pensar a política de serviços de proximidade igual para todo o país, igual para o interior e para o litoral, igual nas grandes cidades e no mundo rural, igual para distritos pequenos e para distritos vastos”, conclui o deputado do PS eleito por Beja.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima