Deputado do PS defende agricultura alentejana na UE

Deputado do PS defende agricultura alentejana na UE

O deputado do PS eleito por Beja defende a necessidade de haver respostas para os pequenos agricultores e para os territórios de baixa densidade, como o Baixo Alentejo, onde culturas e produções de pequena escala para o contexto europeu são de grande relevância local. A posição de Pedro do Carmo foi manifestada nesta terça e quarta-feira, 19 e 20, em Bucareste (Roménia), onde o deputado socialista participou na reunião inter-parlamentar da Política Agrícola Comum (PAC) e das políticas de coesão, que decorreu numa altura em que a União Europeia está a debater propostas de reforma da PAC pós-2020.
Segundo o parlamentar baixo-alentejano, é necessário “defender a necessidade de haver respostas para os pequenos agricultores e para os territórios de baixa densidade, com culturas e produções de pequena escala para o contexto europeu, mas de grande relevância local”.
Pedro do Carmo sustenta ainda “haverem necessidades permanentes na sustentabilidade dos eco-sistemas, na manutenção das infra-estruturas rurais e nos apoios às actividades agro-alimentares que são pilares importantes da identidade das comunidades locais do Mundo Rural”.
Recorde-se que a defesa da especificidade da actividade agrícola nos territórios como o de Beja já tinha estado presente na participação internacional de Pedro do Carmo numa reunião similar na Croácia.
Pedro do Carmo esteve na Roménia como representante do grupo parlamentar do PS, tendo também defendido as grandes linhas da agricultura portuguesa “nas suas diversas expressões”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima